ICEP PLANEJA AÇÕES DE MOBILIZAÇÃO SOCIOPOLÍTICA PARA 2019 E 2020

Encontro do programa “Mobiliza”, que reuniu gestores e mobilizadores do Instituto, definiu as principais estratégias a serem desenvolvidas ao longo deste período para mobilização de atores sociais, gestores escolares e gestores públicos pela garantia da continuidade de boas práticas em prol da escola pública de qualidade, nos territórios de atuação.

DSR_3134

O Instituto Chapada realizou este mês (26.04) um encontro de imersão do programa “Mobiliza” para elaborar as ações de Mobilização Sociopolítica para os anos de 2019 e 2020. Na reunião foram delineadas as principais frentes de atuação para esse período. “Desenvolvemos este encontro na perspectiva de pensar o que precisamos qualificar, aprofundar, o que podemos fazer para que essa área venha a ser o coração de todo o processo de garantia da continuidade das boas práticas em prol da escola pública de qualidade”, explica a Diretora Presidente do Instituto Elisabete Monteiro. Estiveram presentes, além da Presidência e Diretoria do Instituto, as Coordenadoras Pedagógicas Territoriais (CPTs) e os formadores de mobilização: Márcio Vila Flor, Reinaldo Vieira dos Santos e Maria José dos Santos.

O Mobiliza é um programa que integra as ações da Tecnologia de Mobilização do ICEP, que visa desenvolver estratégias de mobilização sociopolítica pela educação. Para isso, o Instituto propõe uma corresponsabilização social pelo desenvolvimento da educação, que articula os setores público, privado e a sociedade civil e promove a participação dos estudantes na definição de metas e propostas.

É o que nos explica o mobilizador Márcio: “O Mobiliza é a base de todo o nosso trabalho porque compõe as nossas ações que envolvem o professor, coordenador e equipes técnicas dos municípios. Além disso, mobiliza os pais, as famílias dos estudantes, os conselhos municipais da área de educação e a rede de proteção da infância, visando a garantia da implementação e da sustentabilidade do projeto de formação continuada como uma política da rede municipal”, conclui.

Ainda segundo Márcio, o trabalho de mobilização social acontece em todas as etapas desde o momento em que o Instituto chega ao município, nas frentes de formação e nos anos que antecedem e a eleição municipal, com ações voltadas para mobilização dos candidatos a prefeitos e vereadores para que mantenham as propostas de formação continuada da rede como uma política pública local. “Esse é o nosso grande desafio e o nosso trabalho”, explica o formador.

“Estamos extremamente animados pois entendemos que essa frente de atuação possibilita de fato ao ICEP chegar junto às comunidades, aos pais, aos gestores escolares e aos gestores públicos do município, para que articulando todo o trabalho possamos ter a qualidade da educação que desejamos para nossas crianças”, explica a presidente Elisabete Monteiro.

Estas ações possibilitam uma Inovação Social no campo da Educação que amplia o aspecto sociopolítico dos processos educacionais; promove uma apropriação pela sociedade das políticas educacionais; e cria um processo apartidário e permanente, independente da gestão. Estas ações também estão relacionadas aos valores institucionais da organização que propõe uma atuação baseada no apartidarismo, na equidade, na ética e na honestidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *