ICEP retoma parceria com a Secretaria de Educação de Camaçari

A educadora Fátima Freire Dowbor, filha do célebre educador Paulo Freire, proferiu a palestra “Quem Educa Transforma Vidas” para professores da rede municipal de ensino de Camaçari/BA, na última segunda-feira (23.10), no Teatro Cidade do Saber.

No mesmo dia, a Prefeitura Municipal de Camaçari, através da Secretaria da Educação (Seduc), assinou um termo de parceria com o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP). O contrato prevê o apoio do ICEP na elaboração de projetos para a formação continuada dos professores da rede municipal de ensino. Além disso, o termo de parceria também vai auxiliar o município na construção do referencial curricular municipal.

O ICEP vai atuar na elaboração dos documentos curriculares para o Ensino Fundamental (anos iniciais e anos finais) e para a educação de jovens e adultos. O auxílio na formação continuada de professores será nas diversas áreas, entre elas, Matemática, Geografia, Ciências, História e Português.

“Nosso papel será de apoio e consultoria técnica, mas os documentos serão escritos, de forma colaborativa, pelos próprios professores da rede municipal de Camaçari”, explica a diretora acadêmica do ICEP, Elisabete Monteiro.

Quem Educa Transforma Vidas

A diretora presidente do ICEP, Cybele Amado, destacou a “feliz coincidência” de que a assinatura do convênio tenha acontecido no mesmo dia da palestra de Fátima Freire. “Ela nos trouxe reflexões importantes e muito pertinentes, neste momento tão desafiador para a educação, no Brasil”, destacou Cybele.

“Eu sempre me adéquo ao conteúdo que vem dos corpos dos professores. Eu tenho muito interesse em saber o que eles pensam, o que eles sentem”, afirmou a educadora Fátima Freire. A professora Isabela Cavalcanti, da Escola Municipal Maria Quitéria, viu a palestra como uma oportunidade de conhecimento. “É sempre importante eventos como esse, porque nos coloca em formação continuada. É importante também essas discussões atuais a respeito da educação”, frisou.

“É de fundamental importância para os nossos educadores, o conhecimento do diálogo com os alunos para uma aproximação maior, tornando a nossa escola mais humanizada”, afirmou a secretária da Educação de Camaçari, Neurilene Martins.

Além da palestra, o evento contou com uma sessão de autógrafos do livro “Quem Educa Marca o Corpo do Outro”, da própria educadora Fátima Freire. Por meio da obra, a autora demonstra que o processo de ‘humanização’ é marcado pelas relações de aprendizagem experimentadas ao longo da vida.

“Todo e qualquer processo de aprendizagem, antes de passar pela cabeça, passa também pelo corpo. Então é fundamental que o professor esteja aberto a essa relação com o seu aluno”, conta a autora do livro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *