Território da Chapada marca presença no VII Encontro Internacional de Comunidade de Aprendizagem

O ICEP participa do VII Encontro Internacional de Comunidade de Aprendizagem, que acontece hoje (23.10.2017) e amanhã (24), no Auditório Natura NASP, em São Paulo, com o propósito de fortalecer a rede de formadores latino-americanos.

“Estar aqui representa o reconhecimento do trabalho do ICEP nos municípios de Iraquara, Souto Soares e Ibitiara”, afirma a Coordenadora Pedagógica Territorial (CPT), Cláudia Rocha. “A Chapada Diamantina, na Bahia, está em destaque no encontro internacional, esse prestígio nos motiva ainda mais a seguir em frente”, diz.

Além da CPT, Cláudia Rocha, o time que representa o ICEP, no evento, é formado por Elaine Cristina Ferreira, supervisora do município de Iraquara; Simone Neves Pinto, secretária de Educação de Iraquara; Mariene Lopes, supervisora do município de Ibitiara; Noé Matias, supervisor do município de Souto Soares; Cleber Lopes, diretor da escola Rui Barbosa (Souto Soares); Adriana Miranda, coordenadora pedagógica da escola Rui Barbosa; Celma Alves, professora do município de Ibitiara e Cristina Alice Ribeiro, formadora do ICEP.

“Os convidados do ICEP foram representantes de escolas que estão sendo transformadas em Comunidade de Aprendizagem, nos municípios de Iraquara, Ibitiara e Souto Soares”, explica Cláudia Rocha. “Hoje somos um só sonho, uma só realidade: escola e comunidade. Esse é o diferencial de ser comunidade de aprendizagem. Seguimos estudando, planejando, sonhando e realizando. Esse é o processo; o limite será o sucesso”, destaca Adriana Miranda, coordenadora pedagógica da escola Rui Barbosa de Souto Soares.

Comunidade de Aprendizagem na Escola é um projeto do Instituto Natura (parceiro do ICEP) que impulsiona uma transformação social que começa na escola, mas integra todo o entorno, incluindo comunidade e familiares. É baseado em um conjunto de atuações educativas de êxito, para que todas as crianças e jovens recebam uma educação eficiente e sejam atores de uma sociedade mais coesa e igualitária. Essas atuações também geram melhoria do desempenho acadêmico e da convivência dos alunos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *