Dr. Aureo Augusto recebe a condecoração Comendador da Ordem do Mérito Médico

Sócio fundador do ICEP, o médico Aureo Augusto, que trabalha na Unidade de Saúde da Família de Caeté-Açu, no povoado do Vale do Capão, zona rural de Palmeiras-BA, cidade da Chapada Diamantina, recebe hoje (17.10.2017), em Brasília, no Palácio do Planalto, sua admissão à classe de Comendador da Ordem do Mérito Médico, concedida pelo Ministério da Saúde, por serviços prestados ao país, exercendo a medicina. Essa honraria é concedida após indicação e estudo por um período de aproximadamente dois anos, que investiga se o indicado merece o reconhecimento.

Aureo Augusto é conhecido por sua militância na área das práticas integrativas e complementares (anteriormente já foi homenageado por ser precursor dessas práticas na região Nordeste) e por haver introduzido na Bahia, há mais de 30 anos, o parto domiciliar planejado, o parto de cócoras. É cidadão benemérito de Palmeiras e, mais recentemente, é conhecido também por fazer parte de uma equipe de saúde considerada referência para a Bahia (da USF de Caeté-Açu). Essa unidade de saúde recebe estudantes, mestrandos e doutorandos de todo o Brasil, interessados em estágio.

Sua atividade incansável na divulgação de boas práticas (em parto, alimentação, tratamentos naturais e educação) começou há muito tempo. Durante mais de 25 anos atendeu em ambulatório gratuito (no Instituto Lothlorien) à população do Vale do Capão (Palmeiras-BA), acompanhando tratamentos de doenças, de gestação e de partos domiciliares. Depois foi contratado, e por fim concursado pela Prefeitura de Palmeiras, passando a atender na USF de Caeté-Açu, como funcionário público do SUS, o que potencializou sua ação junto à comunidade.

Ainda em 1980 já dava cursos e palestras sobre a gravidez e o parto natural, a exemplo do curso na Clínica Uno, em maio de 1980 (que também foi reproduzido em outros lugares, como Feira de Santana e Santiago de Chile). Ou o curso sobre alimentação natural, em junho de 1982, na Clínica Fênix (Salvador), que foi ministrado também em Aracajú, Itapetinga e outras cidades.

Porém, de maior impacto foram os cursos gratuitos para a população do campo, que ocorreram de 1987 a 1995, no Vale do Capão (no Instituto Lothlorien), em Palmeiras, intitulados Agentes de Saúde (antes que o Governo Federal criasse os Agentes Comunitários de Saúde). As associações camponesas da Bahia eram convocadas a encaminhar para o Vale do Capão as pessoas das comunidades que se destacavam por cuidar dos vizinhos. Em Lothlorien elas recebiam aulas sobre práticas integrativas, alimentação integral e outros temas ligados à saúde, e se comprometiam a compartilhar os ensinamentos com as suas comunidades. Essas pessoas chegavam de lugares tão distantes quanto a Ilha de Itaparica, Vitória da Conquista ou Itaetê. A repercussão foi suficiente para que cidades como Seabra e Iraquara considerassem a participação nesses cursos como pré-requisito para a admissão como Agentes Comunitários de Saúde, quando o Governo Federal criou esse programa. Esse curso ainda foi proferido em duas oportunidades, em 2006 e 2007, para a população camponesa, nas cidades de Jequié e Arataca, a convite da vice-reitoria da UNEB.

Ainda divulgando as práticas integrativas, em maio de 1988, a convite do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Dr. Aureo Augusto ministrou, para médicos, o curso “Hidroterapia”, no Hospital das Laranjeiras. Recentemente (2017), começou uma série de programas no YouTube, que tratam de práticas integrativas e um curso, intitulado Medicina da Vida, ao vivo e gratuito, para interessados em conhecimentos na área de saúde.

Colaborou, ainda, com a execução do curso Agentes de Educação, criado pela educadora Cybele Amado, no Vale do Capão (Palmeiras-BA), que atraiu a atenção de municípios vizinhos e foi o embrião do Projeto Chapada, o qual se notabilizou pelos resultados em alfabetização, gerando o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP), do qual foi sócio fundador e ainda hoje participa como sócio efetivo (sem remuneração). Esse instituto vem recebendo sucessivos reconhecimentos pelos resultados de seus programas, que se caracterizam por forte participação dos destinatários de suas ações e pelo baixo custo do investimento, com resultados excelentes.

Um comentário sobre “Dr. Aureo Augusto recebe a condecoração Comendador da Ordem do Mérito Médico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *