ICEP retoma trabalho pela melhoria da educação pública em Salvador

Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SMED), o Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP) inicia a etapa 2017 do Nossa Rede – Projeto Pedagógico de Salvador, que tem o propósito de melhorar a aprendizagem dos alunos da rede municipal de ensino. O ponto de partida foi o primeiro encontro de Formação Continuada da Equipe Técnica do Ensino Fundamental I, na última quinta-feira (dia 10.08).

Promover a formação continuada da equipe técnica, coordenadores pedagógicos, gestores escolares e professores do Ensino Fundamental I, além da formação continuada de coordenadores pedagógicos, professores de Língua Portuguesa e Matemática, do Ensino Fundamental II, faz parte do escopo de trabalho do Nossa Rede – Projeto Pedagógico de Salvador.

“O Instituto vai realizar também Fóruns de Práticas com educadores das demais áreas do Fundamental II, além de todo o trabalho inovador de formação continuada, que tem como foco as práticas profissionais dos educadores”, explica a diretora pedagógica do ICEP, Elisabete Monteiro. O trabalho prevê ainda a revisão dos cadernos pedagógicos de Língua Portuguesa e Matemática, do Ensino Fundamental I, construídos em 2016, de maneira colaborativa com os educadores da rede municipal.

A diretora presidente do ICEP, Cybele Amado, ressalta que “a formação continuada, articulada ao contexto de trabalho coletivo, e em colaboração, promove as transformações desejadas na educação”. “Esse espaço formativo continuado é um lugar de direitos”, afirma.

A iniciativa traz uma metodologia inovadora para o contexto da educação pública brasileira. Os cadernos pedagógicos expressam a identidade cultural da capital baiana e o seu uso pelos educadores será discutido nos espaços formativos. “É a realidade cotidiana da sala de aula sendo refletida nas formações.”, pontua Elisabete Monteiro.

No total, estão sendo revisados 80 cadernos de Língua Portuguesa e Matemática, para estudantes e professores do 1o ao 5o ano. O Nossa Rede – Projeto Pedagógico de Salvador vai beneficiar 94,2 mil alunos do Ensino Fundamental I e II e envolverá diretamente 6.602 professores da rede municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *